Tecnologia do Blogger.

UM LIVRO ADMIRÁVEL...

Boa tarde leitores,

Sabe quando você tem um livro mas o título não te chama muito a atenção? Então você o deixa na estante e ele fica lá, esquecido por anos. Um dia, depois de notar que já leu todos os livros que queria, você vai em busca de um outro, e lá no canto, já meio empoeirado está o livro que fora abandonado. Sem uma opção melhor, você decide dar uma chance a ele e já nas primeiras páginas se SURPREENDE.

Foi isso que aconteceu com a gente, no caso, o livro "O Castelo de Vidro" de Jannette Walls e eu. Devo ter esse livro há uns 3 anos mas só no ano passado resolvi lê-lo, não porque me chamou a atenção mas porque ele estava lá e eu queria muito um livro. Não me arrependi nenhum pouco dessa escolha e hoje está na lista dos meus PREFERIDOS!

Jeannette Walls nasceu em 1960, na cidade de Phoenix, Arizona. Formou-se pela Universidade de Colombia. Foi reporter da New York Magazine, Esquire, USA Today e MSNBC.com, onde trabalha atualmente. É casada com o escritor John Taylor. Jeannette poderia ser mais uma escritora famosa, mas sua coragem e transparência em expor para o mundo suas memórias, intimidade e sua vida fizeram dela e de seu livro um FENÔMENO.

"O Castelo de Vidro" ficou 2 anos na lista dos mais vendidos do New York Times, também, não poderia ser diferente, é um relato impressionante de SUPERAÇÃO e AMOR. Admiro Jeannette pela pessoa que se tornou, por tudo que conquistou e por ensinar a todos nós que podemos criar os nossos "finais felizes" apesar de tudo que viermos a passar nesssa vida.

O Pai de Jeannette Walls, apesar de ser carinhoso e amoroso era também um homem cheio de vícios, às vezes ausente, muito sonhador, nada realista, que não conseguia ficar muito tempo em um emprego e muito menos na mesma cidade. Por causa dele sua família morou nos lugares mais inusitados e muitas vezes inabitáveis.

Sua mãe, Rose Mary Walls era uma mulher muitas vezes egocêntrica e sem vontade nenhuma de ser mãe. Era melhor ter jóias do que comida em casa e pintar quadros o dia todo era melhor do que procurar um emprego.

Com pais assim, Jeannette e seus 3 irmãos tiveram que se unir, aprender a sobreviver e a cuidar uns dos outros e também de seus pais.

Depois dessa dica, esperam que não façam como eu. Leiam já esse livro e fiquem CHOCADOS, MARAVILHADOS e EMOCIONADOS!





Beijooo

12 comentários:

  1. Karina Mendes de Carvalho8 de fevereiro de 2013 10:19

    Patty vc sabe que eu não sou muito chegada em leitura né? Mas confesso que fiquei curiosa com esse livro, será que você pode me emprestar?

    ResponderExcluir
  2. Kaaaa eu sei mesmo. Lembra que eu queria porque queria que vc lesse todos os livros que eu amava? E vc nunca lia rsrsrs...

    Te empresto sim! Vc vai vir hj né? Aí já te dou... beijoo

    ResponderExcluir
  3. Patty só de ler o que você escreveu aqui já me emocionei. Vou comprar esse livro. Obrigada pela dica!

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi Renata,

    Compra o livro sim... vc não vai se arrepender!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente maravilhoso!!

    ResponderExcluir
  6. Paty.

    Também sou uma leitora assídua...apaixonada por livros como você!rsrsrs Vou colocar na minha lista de livros!rs Já ocorreu comigo essa situação também...O livro 'O Primo Basílio' de Eça de Queiroz foi assim, ganhei mas não me interessei em ler logo,embora já tivesse ouvido falar da história do livro,depois de algum tempo li e me apaixonei pela história e a narrativa do autor, me prendeu na leitura, tratei de adquirir mais dois livros do autor, de tanto que gostei de sua obra e escrita!rsrs
    Atualmente estou lendo 'Comprometida' de Elizabeth Gilbert.

    beijO!

    ResponderExcluir
  7. Oi May,

    Ler é sempre muito bom né!! Isso mostra que não devemos julgar o livro pela capa ou por título... podemos nos surpreender!!

    Vou ver se acho esse que vc tá lendo, ainda não li.

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Bom mesmo mãe... na verdade só li porque lembrei que vc disse que tinha gostado =p

    ResponderExcluir

By Iâni Naíra